sábado, 21 de maio de 2011

Motivo

Motivo Mensagens e poesias
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edificou,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei.
Não sei se fico ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo.
- mais nada.

Naquela nuvem, naquela,
mando-te meu pensamento.
que Deus se ocupe do vento.

Os sonhos foram sonhados,
e o padecimento aceito.
E onde estás, Amor-Perfeito?

Imensos jardins da insônia,
de um olhar de despedida
deram flor por toda a vida.

Ai, de mim que sobrevivo
sem o coração no peito.
E onde estás, Amor-Perfeito?

Longe, longe, atrás do oceano
que nos meus olhos se alteia,
entre pálpebras de areia...

Longe, longe, Deus te guarde
sobre o seu lado direito,
como eu te guardo do outro,
noite e dia, Amor-Perfeito.

Cecília Meireles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Badge

Mensagens mais vistas

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"